Top-10

Fernandinha Lupo não teve dó de mim e me pediu, em comentário ao meu último post, para listar as 10 coisas mais gostosas que já comi. Eu, toda espertona, achei que seria um ótimo tema pro próximo post e me pus a tentar escrevê-lo. Enfrentei uma certa dificuldade para iniciar a lista, mas achei que se tratava da minha lentidão natural para a escrita. Demoro horas pra escrever um post, leio, releio, subo e desço parágrafos, enfim, adoraria bancar as psicografias de Chico Xavier e finalizar 5 minutos estrebuchentos com textos memoráveis, mas não, meus posts levam tempos pra ficarem prontos. E, claro, não saem memoráveis.

Só então me dei conta que minha velocidade média no avanço das linhas estava ainda menor porque elencar o que é mais gostoso entre tudo eu que comi em 25 anos é muito complexo. Tem que pensar bem… não gostaria de ser injusta com uma sobremesa que provei há anos atrás, nem magoar as lembranças que um risoto me deixou…

ÓH, MEU DEUS! POR QUE ACEITEI O DESAFIO DE FERNANDINHA LUPO?!

… – Pausa mexicano-dramática.

Com um pouco de objetividade defini os quesitos para essa seleção: momento de consumo, companhia e experiência proporcionada, e, enfim, listei os 10 resultados, porém não consegui colocá-los em ordem de preferência…

  1. Quitapenas Dourado – Espanha. Os vinhos de Málaga são vinhos fortificados, com altíssimo teor de açúcar, com denominação de origem, ou seja, se não for produzido lá, esquece, não é vinho de Málaga. Sem enochatices, é um licoroso delicioso, com gosto de uva passa. Uma dosinha geladinha, hummm…
  2. Bolo de vinho – Vó Maria. O Bolo de vinho e cerveja preta da minha vó é tradição em todo Natal! Ele vem cheio de nozes, amêndoas, castanhas e um sabor acentuado de especiarias. Claro que a memória afetiva falou mais alto nessa escolha…
  3. Moti caseiro com shoyu e açúcar – Vó Ceci. Esse é a tradição do Ano Novo. Diz minha vó que comer moti faz ficar “kanemoti” (Cy e Eli, escreve assim?!), rico em japa. O bolinho de massa de arroz é grelhado até a massa inchar e estourar e comemos regado em uma mistura de açúcar e shoyu. Gruda no dente e tem gosto esquisito, mas eu amo!
  4. Pastel de Belém – Portugal. Quentinho, recém-assado, o autêntico pastel de Belém… nossa! Salivei só de lembrar.
  5. Pão na chapa – Padoca em Amparo/SP. Pré-balada na padoca, uma galera louca demais e uma fome: “Amigo, me vê um pão na chapa?!”. O melhor da vida! Ainda vou lembrar o nome da manteiga e digo pra vocês. Quem é do interior, me ajuda?!
  6. Pera – Japão. Fruit person como eu, sofri bastante com a falta de abundância do gênero no Japão. A Cy pode confirmar, uma mísera banana sai uma fortuna por lá. A falta é um grande fator pra aumentar vontade, mas a pera que eu comi lá – uma única dividida entre toda a família, caríssimaaaa! – marcou o paladar. Doce, cheirosa, suculenta, saborosíssima.
  7. Bombom recheado com uva – Tia Clara. Bendita Páscoa que minha tia iniciou a produção caseira de bombons. O MELHOR é o de brigadeiro branco recheado com uva Tompson. Eu sei, todo mundo já provou um desse, mas o da minha Tia Clara é motivo de pedidos encarecidos pelo resto do ano.
  8. Bolo gelado – Mãe. Mamãe fazia um bolo gelado, em pedaços embrulhados no papel-alumínio, pra eu levar nos meus aniversários para a turminha da escola. A de vocês também?! Hummm. Pão-de-ló umedecido em mistura de Leite MOÇA com NESCAU, passado no coco ralado e mantido no freezer. Saudade das festinhas…
  9. Bomba de creme – Ofner. Recentemente tive a pior decepção de todos os tempos. Meu mundo caiu, acionei meus advogados: mudaram a cobertura foundant da bomba de creme da Ofner. COMOOO? SEM ME AVISAR?! Eu, a heaviest user do produto, choquei! A bomba de creme era meu doce favorito até a triste substituição por uma cobertura butter cream, eca!
  10. Sequilhos – Juazeiro do Norte. Encontrei esses sequilhos em uma feira local de Juazeiro, tinham sabores diferentes, todos deliciosos e fresquinhos, desmanchavam na boca.

Cy e Eli, tá estendido o desafio a vocês também!

Comi por: aí!

Beijos.

Nat

About these ads

9 Respostas para “Top-10

  1. MUITO BOM este post Nat. Só nao gostei da parte que diz que seus textos não são memoráveis. SÃO SIM !!! Diz aí pessoal, vocês adoram também não é?

    Nossa ! Que desafio enorme esse hein.
    Não sei nem qual a minha comida preferida, imagine citar as 10 – mas vou pensar, prometo tentar aceitar seu desafio.

    Quanto ao vocabulário japa. Pra mim a pergunta? Putz! só sei falar arigatô mesmo.

    Bom… adorei ver suas comidinhas mais gostosas e ver como laços e o carinho das pessoas que temos em volta conta. Quem disse que amor não faz comida melhor e mais gostosa? Hummm !

  2. Nat phyna vc Hein? Adorei! Bjos meninas vcs são incríveis, talentosíssimas! Re

  3. Fernanda Lupo

    Olha só ! Aceitou meu desafio e fez uma linda e suculenta descrição dos top 10.

    Amei ! Gostei de ver que escolheu de coisas simples a coisas mais sofisticadas. Do Brasil às coisas gringas.

    Gostei muito e vou pensar em outro desafio pra vocês.

    Beijo, Fe

  4. Vívian Rinaldi

    Fiquei salivando também com o pastel de Belem de Portugal. Quentinho!!!

    Eu já gosto do do Habibs, que dirá do original então. Humm

  5. Flavia Minadeo

    Sequilhos que derretem na boca, pastel de belém portugues, vinhos espanhois, pera japonesa, bombom de uva, bolo gelado… Um festival de sabores hein !
    Que gostoso tudo isso.

  6. OI Nat. Bom quanto a escrita em portugues eu não sei mas a pronúncia da palavra é essa mesmo….se não ficar rica pelo menos feliz agente fica rs, eu adoro mochi com shoyu e açúcar, mas como eu sempre sou mais exagerada gosto dele frito na frigideira com oleo, e esmagado ate virar um bolachão!!

    Quanto as frutas realmente é uma tristeza, melancia por exemplo eu só comia em churrascos , ou quando eu ia para uma loja de usados que tinha uma barraquinha de frutas no estacionamento, mas mesmo assim agente pagava quase 20 dolares nela.
    Voce chegou a comer os pessegos de lá???

    Adorei suas escolhas, fiquei com muita vontade de comer tudo que voce falou, pena que tem coisas que só as mãos abençoadas de algumas pessoas conseguem deixar tudo maravilhoso, então sei que mesmo se eu tentar fazer o bolo da sua vó nunca vai chegar nem aos pés do dela!!!

    Realmente é uma lista dificil de se fazer, se vc dissesse que a lista poderia ser as 10 comidas no geral que eu gosto de comer eu poderia escrever agora, mas as 10 comidas mais gostosas uhmmmmm…….vou ter que pensar .

  7. Ai.. no outro post que eu escrevi ai em cima esqueci de colocar meu nome….

  8. Eu também me decepcionei, como você, com a bomba de creme da Ofner.
    Comprei em Moema, perto da igreja, onde sempre comprava e a cobertura era doce, açucarada, nada como antigamente.
    Achei que era só da minha cabeça.
    Deve ser corte de gastos. Tomara que não mexam a cozinha também. #decepçãoofner

  9. Nossa! Quantas coisas gostosas

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s