Lámen sim, Miojo não

Lâmen é um prato bastante consumido no Japão. Encontrado em estações de metrô, em barracas e máquinas pelas ruas da cidade.

É bastante popular por ser um prato barato, que esquenta, sustenta e que come-se rapidamente (importante atributo já que é um país que todos possuem vida agitada).

Ao contrário dos lámens instantâneos, que temos por aqui, os lámens japoneses  – são feitos com massa fresca e servida com complementos frescos ou cozidos.

Em São Paulo temos algumas casas especializadas em Lámen como: Lamen Kazu, Porque Sim, Mussashi Yakissobateria e o Aska.

A última vez que fui a uma casa de Lamen foi no Aska e por isso vou falar dela, mas se fosse para indicar algum indicaria o Lamen Kazu ou o Porque sim onde o lamen é ótimo e com certeza, com atendimento melhor que do Aska.

Ir ao Aska o leva a ter uma experiência distinta (para o lado negativo quando se fala em atendimento).

Se for um dia frio, chegue cedo ou enfrentará filas grandes para se sentar, mas a fila até que não demora muito pois a casa tem um esquema de expulsar o cliente logo que ele acaba de comer. Sim ! Até no papel que forra a mesa vem escrito para você ir embora logo que finalizar seu lámen.

Além disso por ser um restaurante cheio poucos te dão atenção. É difícil escolher o que vai comer pois quase tudo é escrito em japonês e aí, quem não sabe japonês se “Laska”. RÁ!

Para ajudar esses (que assim como eu não falam japonês), fiz esse mini-micro glossário de coisas que descobri o significado perguntando para pessoas que estavam ao meu lado:

Hiyashi Chuka: salada fria

Lámen Chassu: lamen de carne

Kimuchi: Alga picante

Tsukemen: Macarrão frio com caldo quente

Naruto: é uma espécie de massa cozida de peixe (eu gosto) opcional que pode ser colocada no lamen.

Kaedama: refil de macarrão que você ganha para comer com o resto do caldo que sobrou. Mas você só ganha se pedir e como muitos não sabem o que significa, não pedem.

Embora o atendimento seja péssimo, o lamen é gostoso e por isso vale a pena uma visita, mas se topar ir lá (já que sabe que terá atendimento ruim), atente-se às dicas abaixo:

Peça o tamanho MINI com kaedama, certeza que não passará fome.

Experimente a pimenta vermelha que fica no balcão. Você se serve a vontade.

Prove também o guioza. É gostoso!

Vá sem preconceitos e esperando um lugar bem simples.

Se você se incomodar em sentar com quem não conhece, não vá a este restaurante pois eles colocam pessoas desconhecidas na sua mesa.

Boa experiência.

Lamen Aska: Rua Galvão Bueno, 466 – Liberdade – São Paulo. Tel.: 3277 9682

About these ads

22 Respostas para “Lámen sim, Miojo não

  1. Elisa Hanashiro

    É verdade! Não tem nada a ver o lamen japonês e o lamen de 3 minutos que conhecemos.
    O lamen japonês é recheado e tem um caldo bem saboroso feito com carne de verdade.
    No frio não tem nada melhor pra esquentar. Só udon pode competir com lamen.

  2. Putz! Pq vc não postou esse glossário antes. É mto sofrimento descobrir o que significa as coisas no Áska

  3. Eu adoro o Aska mas o atendimento lá não é tão bom mesmo.

  4. No Japao os Lamens sao tao populares que nos supermercados vc tem a opcao de comprar os “recheios”, caldos, tipos de macarrao tudo separado para montar seu proprio lamen em casa.
    Ah detalhe a maioria das pessoas nao sabem, mas estrangeiros no geral nao sabem comer lamen,as pessoas acham bizarro a velocidade que os asiaticos comen uma tigela de lamen e o barulho que fazem, mas me disseram que ao comer lamen vc tem que fazer o tal barulho, e deve comer com o caldo muito quente, nada de ficar assoprando ou dexando esfriar eh falta de respeito.

  5. Lamen que não é miojo?

  6. Para de reclamar. O restaurante é pequeno e o fluxo é intenso. Além de tudo, é barato. Logo, se um grupo de panaca chegar lá, ficar batendo papo e demorar meia hora para pedir, mais meia hora para comer e mais uma hora de conversa fora, você acaba com a rentabilidade do negócio.

    • Guilherme me perdoe, mas o cliente não tem nada a ver com a escolha do dono em alugar um estabelecimento pequeno e muito menos se ele cobra, ou não, barato por isso.
      Acredito que a grosseria no atendimento [em alguns casos até expulsão], não são amenizados por alguns Reais a menos no valor da comida.
      Portanto, não vejo problema algum em reclamarmos do atendimento de um lugar que, por unanimidade dos comentários, atende realmente mal.
      Eu não conheço e nem vou. Não porque vou sempre pela opinião dos outros, mas pelo fato de não querer arriscar a ser verdade.
      Prefiro pagar mais por um atendimento e jamais pagaria, por menor que fosse o preço, para ir a um lugar, sabendo que vão me expulsar.
      Dispenso.

  7. Recomendo no Lamen Kazu, melhor trabamento sabor superior!

    P.S. morei no Japão e comi em muitos Ramen-ya ;)

  8. Andréia Teruya

    Que delícia, sinto falta de um lamen quentinho (fervendo) pra me aquecer, vou pesquisar se tem algum lugar que sirva aqui em Curitiba, se alguém souber e puder me indicar, agradeço desde já. Bjs

    • Nossa ! Em Curitiba vc precisa de uma sopa escaldante mesmo.
      Curitiba é uma cidade lindíssima, #AMOCURITIBA, mas é fria de mais. rs
      Boa sorte aí na sua busca ! bj

    • tem o lamen house que fica na peti carneiro esquina com angelo sampaio

  9. Eu já fui ao Lámen Aska, e adoro ir lá! O Lámen é uma delicia, o atendimento ótimo também. E sobre o Kaedama, realmente, poucas pessoas sabem o significado, mas eu adoro engordar pedindo mais lámen haha.

    ótima dica! beijos =)

  10. Ana Paula H Brito

    Bem, fui no Lamen e AMO, o atendimento e bem parecido ao do japão pois se propoe a ser uma , e algumas coisas do seu glossario estao erradas, TODOS os lamens tem caldo a base de carne, os tonkotsu de carne de porco, os outros frango, Kimuchi é o mesmo que Kimchi (conserva coreana picante de ACELGA, nao tem alga). Quanto as filas realmente existe pois o lamen e bom, feito com massa fresca e produtos selecionados. Na Minha opiniao o unico que compete com o Aska e o Kazu.

  11. Ana Paula H Brito

    Bem, vou sempre ao Aska e AMO, o atendimento e bem parecido ao do japão pois se propoe a ser uma casa de refeicoes rapidas (como uma lanchonete), apenas para corrigir algumas coisas do seu glossario estao erradas, mas realmente a boa vontade e o que importa (obrigada).
    TODOS os lamens tem caldo a base de carne, os tonkotsu de carne de porco, os outros frango, (não ha nenhum vegetariano)
    Kimuchi é o mesmo que Kimchi (conserva coreana picante de ACELGA, nao tem alga). Quanto as filas realmente existe pois o lamen e muito bom, feito com massa fresca e produtos selecionados. Na Minha opiniao o unico que compete com o Aska e o Kazu.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s